Evento Especial: OS X Yosemite, iPad Air 2 e iPad mini 3

Sim, eu sei que esse post está mais do que atrasado, mas não poderia de deixa-lo passar em branco, e tem um outro motivo pelo atraso, no fim de semana que iria faze-lo eu estive resolvendo problemas pessoais e também instalando o OS X Yosemite, o qual vamos comentar a seguir.


Na ultima quinta-feira (16/10) a Apple esteve realizando mais um grande evento, claro que sem o mesmo glamour e badalação que os eventos de lançamentos do iPhone, mas que chamou sim a atenção de grande parte da impressa, geeks de plantão e principalmente fãs da marca assim como eu.

Como de praxe o evento começou com Tim Cook no palco apresentando alguns números e destaques da Apple em geral. Além de algumas recapitulações sobre o iPhone 6, Apple Pay e Apple Wath. Depois desses comentários, quem tomou o palco para apresentar as novidades foi Craig Federighi e começou falando sobre o iOS 8 e o OS X Yosemite.


Ele lembrou que 48% da base instalada de usuários já está rodando o iOS 8 e comparou com o Android aonde apenas 25% da base está na [pen]última versão do sistema operacional móvel do Google, a KitKat.

Aproveitou para já anunciar o iOS 8.1 que, após feedback de usuários, trará de volta o Rolo da Câmera e novidades como o Apple Pay e a Fototeca do iCloud (iCloud Photo Library), além de muitas correções e melhorias e está disponível desde a ultima segunda-feira (20/10).

Logo após essas informações foi a vez de um dos assuntos mais esperado, pelo menos por mim, o novo OS X Yosemite. Muito do que foi dito já havíamos visto na sua versão beta durante a WWDC, mas para quem não lembra, vamos a elas.


As principais são as mudanças visuais, bem ao estilo iOS 7, novidades como widgets, Spotlight, novo Safari, novidades no Mail, Mensagens, iTunes, iWork, iCloud Drive e muito mais.

O maior destaque ficou para integração entre o iOS 8 e o OS X Yosemite, seja pela sincronização de dados pelo iCloud como a possibilidade de transferir arquivos entre dispositivos pelo AirDrop ou visualizar fotos e vídeos de iGadgets em Macs com o recurso AirPlay. Além disso, os recursos Continuidade, Handoff, Instant Hotspot, a sincronização de SMSs e a possibilidade de atender ligações do iPhone pelo Mac ou iPad.

O OS X Yosemite está disponível desde 16/10 para todos os usuários, de graça, na Mac App Store.

iPad Air 2 e iPad mini 3

Após o anuncio do OS X foi hora do anuncio aguardado pela imprensa em geral, os novo iPads. Começando e praticamente falando apenas do iPad Air 2, o tablet mais fino já criado pela empresa (6,1mm; 18% mais fino do que o iPad Air).


ara isso, a Apple teve que “colar” o vidro do iPad ao LCD do produto. O display também conta com uma nova superfície anti-reflexiva. Internamente, o iPad Air 2 conta com o processador A8X (3 bilhões de transistores, CPU 40% mais rápida, GPU 2,5x mais rápida e uma arquitetura 64 bits de segunda geração). O coprocessador M8 também está lá, calibrando sensores e incorporando um barômetro ao iPad Air 2.

Apesar de ser ainda mais fino, a bateria tem a mesma duração que já estamos acostumados (10 horas de uso). E a novidade mais esperada, talvez: o sensor Touch ID no Botão Inicial. O Apple Pay também está incorporado no iPad Air 2, mas apenas para compras online ou dentro de apps.


O iPad Air 2 chegará às lojas amanhã (24/10), nas cores cinza espacial, prateada e dourada. Os preços (lá fora) são os mesmo de antes (US$500, US$600 e US$700 para os modelos Wi-Fi; para os Wi-Fi + Cellular, basta adicionar mais US$130). As capacidades, porém, mudaram para 16GB, 64GB e 128GB (como nos iPhones).


O iPad mini 3 também foi lançado, ele é praticamente igual ao iPad mini com tela Retina (inclusive seu design), porém ganhou a cor dourada, o Touch ID e a novas opções de armazenamento. Os preços começam em US$400 para o modelo Wi-Fi e em US$530 para o Wi-Fi + Cellular. Os modelos antigos (iPad Air e iPad mini com tela Retina, assim como o iPad mini de primeira geração) também continuam à venda, com preços reduzidos.

Postar um comentário