Internet em 60 segundos

Há exatos 5 anos fiz um post com um infográfico que ilustra o que acontece na internet em 60 segundos e atualizei o mesmo post em 2013 com um novo infográfico. Passado 3 anos dessa ultima atualização acho que está na hora de verificarmos o que acontece na internet no dias de hoje.


O mais engraçado é quando comparamos os três posts e vemos que em pouco tempo as coisas mudam tanto na internet, alguns serviços nem existiam na época e hoje despontam entre os principais, outros simplesmente sumiram ou literalmente morreram.

Veja os outros post e faça um comparativo você mesmo.

WWDC 2016: watchOS 3, tvOS 2, macOS Sierra e iOS 10

Bom dia, boa tarde e boa noite!!! VOLTEI!!!

Acharam que o blog que tinha acabado? Ainda não foi dessa vez, apenas levei uma sumida devido a uma grande demanda de trabalho, mas que está chegando a sua conclusão e com isso conseguirei dar mais atenção ao blog.


Como essa semana acontece a WWDC, eu como grande fã da Apple não poderia deixar de compilar nesse post o que foi apresentado no evento, dessa vez resolvi fazer um pouco diferente, ao invés de escrever um post gigantesco com tudo que foi apresentando, resolvi postar dois videos feitos pelo Loop Infinito que conta basicamente todas as novidades apresentadas.

Vamos seguir a ordem que as coisas foram apresentadas começando pelas novidades do watchOS, tvOS e macOS.


Agora é vez do iOS


O que acharam das novidades?

Achou que as informações nos videos foram rápidas demais? Então acessa oPodcast do CocaTech sobre a WWDC 2016,

Via Loop Infinito 

Apple anuncia WWDC 2016

Essa semana a Apple anunciou WWDC 2016 (Worldwide Developers Conference) através de e-mail enviado para todos os desenvolvedores, comunicando a data oficial e a abertura das inscrições para compra dos ingressos. O evento será realizado de 13 a 17 de junho.


Devido a grande procura por ingressos, a venda do mesmo seguirá a metodologia já adotada pela Apple há alguns anos, um sorteio aleatório. Afinal são apenas 7.000 lugares.


Para quem não é desenvolvedor, o que interessa é a apresentação de abertura, no dia 13, que mostrará pela primeira vez as novidades do futuro iOS 10 e outros sistemas da maçã, como o "macOS" (Ainda sobe o nome de OS X), watchOS e o tvOS.


Diferente dos outros anos, a apresentação será no Bill Graham Civic Auditorium. Ele tem 2.000 lugares a mais que o Moscone Center, o que significa que mais desenvolvedores poderão participar. As conferências normais durante a semana continuarão sendo no Moscone.

O dia em que meu MacBook parou

Estou voltando, se é que esse blog ainda possui leitores... rsrs... Brincadeiras a parte, dei uma sumida grande, mas tem uma boa explicação, meu MacBook Pro simplesmente parou, isso mesmo, de um dia para o outro não abria mais o sistema operacional, nesse post vou detalhar tudo que aconteceu pegando algumas informações de um post feito pelo Thiago Mobilon do Tecnoblog que passou pelo mesmo problema que eu. 


Meu MacBook já tem um bom tempo de uso, trata-se de um equipamento do inicio de 2010, no próximo mês de maio completa 6 anos, e desde que adquiri nunca apresentou nenhum problema, mas esses tempos atrás eu fui liga-lo e para minha surpresa ele ficava em uma tela branca e não passava dali pra frente.

Depois de algum tempo esperando resolvi desligar o MacBook de maneira forçada segurando o botão liga/desliga. Quando religuei, a mesma coisa, uma tela branca que não ia a lugar algum.

Coloquei a pendrive com o OS X El Capitan para tentar assim recuperar o sistema, para minha surpresa ele não encontrava o HD do MacBook, nessa hora imaginava que o HD tinha ido pro saco, abri o equipamento e removi o HD, coloquei-o no desktop da minha esposa e o Windows identificou o HD, mas pelos sistemas terem formatos de arquivos diferente não era possível pegar o tinha do HD, esse não era o maior problema pois já tinha backup de tudo.

Colocando o HD novamente no MacBook ele leu sem problemas, mas ao desligar ou hibernar o Mac, o sistema não subia novamente, foi quando achei que poderia ser algo no OS X, removi o HD e colocando-o novamente ele iniciou, formatei e instalei novamente o OS X, porém de nada resolveu, foi quando pesquisei melhor sobre isso na internet até achar o post no Tecnoblog.

Resolvi testar colocando o HD em uma case de HD externo que possuo e faze-lo ler através da USB, foi ai que consegui identificar o real problema e perceber que passa pela mesma situação do Thiago Mobilon.

O problema estava no cabo flat do HD, ai fui pesquisar melhor sobre isso e encontrei outros relatos de usuários que possuem o mesmo modelo MacBook (Mid 2010) e tiveram o mesmo problema depois de cerca de três anos de uso (o meu já tem 5 quase completando 6). O boot trava na tela branca com o logo da maçã e fica carregando para sempre.


A única opção era trocar o cabinho, um processo relativamente simples, mas que custa de R$150 a R$300. Vai depender se você comprará a peça na internet e fará o serviço ou levará a uma autorizada. Escolhi a primeira opção, já que trabalho mesmo com isso.

Assim como o Thiago também achei inusitado um cabo flat que fica completamente imóvel dentro do case do MacBook parar de funcionar assim do nada.

De qualquer forma, se o seu Mac apresentar um problema parecido, fica a dica. Pelo menos você não vai precisar perder tempo desparafusando MacBooks e testando o HD em outros equipamentos (e um case externo) como eu fiz.

Evento Especial da Apple 21/03: iPhone SE e iPad Pro

Hoje (21/03) foi dia de Evento Especial da Apple, evento que faz uma marca nos 40 anos da empresa, pois foi o último a ser realizado no auditório Town Hall, no próprio campus da Apple, em 1 Infinite Loop (Cupertino).


Muitos rumores sobre o que a Apple apresentaria hoje circulou na internet e 90% deles estavam corretos, então vamos a eles.

Apple Watch

Começando com o Apple Watch, aonde foi anunciado hoje pela Apple duas novidades, uma nova série de pulseiras (de trama de nylon, com cores vibrantes) e novas cores das edições já existentes. Além disso, o Apple Watch Sport, anteriormente vendido por US$349 na edição de 38mm, agora será comercializado por US$299 nos Estados Unidos.


Apple TV

Na Apple TV, a empresa apresentou novidades do tvOS 9.2, que oferecerá a possibilidade dos usuários fazerem novos tipos de consultas via Siri, organizar apps em pastas, interagir com o aparelho através do recurso Ditado e acesso a biblioteca de fotos do iCloud, inclusive com suporte a Live Photos. Já disponível para donwload a partir de hoje.


iPhone SE

Talvez o momento mais aguardo da Keynote de hoje era pelo anúncio de um novo iPhone, e ele veio o novo aparelho de 4 polegadas, iPhone SE.


Greg Joswiak citou que consumidores amam os iPhones 6s/6s Plus, mas a Apple sabe que muitos ainda preferem os menores. Vendendo em 2015 mais de 30 milhões de iPhones de 4 polegadas. E citou 2 motivos porque as pessoas ainda compram aparelhos de 4 polegadas: 
1. Preferem telefones menores
2. Porque é o primeiro iPhone de muita gente, mais acessível.

Com o design de iPhone 5s, mas com uma nova cor, a ouro rosé, por dentro a no smartphone da Apple traz tudo que seus irmãos top de linha tem a oferecer. Chip A9 de 64 bits e o coprocessador M9. Ele tem o mesmo poder de processamento do iPhone 6s, quase o dobro do do iPhone 5s.


Nos Estados Unidos, o iPhone SE de 16GB custará US$399; já o de 64GB ficará por US$499. A linha atual mantém à venda os iPhones 6/6 Plus e o 6s/6s Plus, mas sai de linha o iPhone 5s. Em alguns países como Brasil não está na lista por hora, a pré venda inicia-se a partir do dia 24/03 e serão entregues a partir do dia 31/03.

iPad Pro

Mais um rumor confirmado, um iPad Pro de 9.7 polegadas foi anunciado hoje. A ideia é oferecer todo poder do iPad Pro 12" em um tamanho menor. No novo modelo, a Apple oferece as mesmas tecnologias de tela do iPad Pro original. Porém, também foram feitas outras melhorias, visando torná-la mais sensível para leitura, especialmente em condições de pouca iluminação — e também à noite, com a empresa oferecendo também o novo Night Shift no iOS 9.3 (Que encontra-se disponível a partir de hoje).


Os acessórios Smart Keyboard e Apple Pencil funcionam neste novo modelo. Junto deles, a empresa está oferecendo novos adaptadores Lightning para câmeras e editores de áudio. 

O único diferencial da versão de 12" é que esse novo modelo traz o mesmo sistema de câmeras do iPhone 6s com suporte a Live Photos, vídeos em 4K e uma FaceTime HD de 5 megapixels na frente, incluindo o Retina Flash.


Para o iPad Pro de 9,7 polegadas, a Apple preparou modelos de 32GB por US$599, 128GB por US$749 e agora até 256GB por US$899, nas cores cinza espacial, prata, dourada e ouro rosé. Nos EUA, as vendas seguem as mesmas datas do iPhone SE.

Vídeo mostra a diferentes versões do iOS em um iPhone 4S

Comparar diferentes smartphones é muito comum, mas é difícil chegar a um resultado já que por serem diferentes cada um tem um processador, sistema operacional e vários outros fatores que vão interferir no resultado final.


Mas que tal comparar o desempenho do mesmo smartphone com as diferentes gerações de seus sistemas operacionais. Isso pode ser visto no video abaixo, aonde é colocado lado a lado 5 gerações do iOS rodando em vários iPhones 4S.


Se fizermos uma média, o iOS 6 acaba levando a melhor e é considerado por muitos como o melhor iOS lançado até os dias de hoje.

Google anuncia o fim do Picasa

Uma notícia de um anúncio do Google hoje (15/02) deixou alguns usuários tristes, o fim do Picasa, o serviço será desligado nos próximos meses. A decisão afeta o Picasa Web Albums e o software do Picasa para Windows.


De acordo com Anil Sabharwal, chefe do Google Fotos, depois de muita reflexão e consideração, decidiram aposentar o Picasa ao longo dos próximos meses, com intuito de dedicar-se inteiramente em um único serviço de fotografia, o Google Fotos.

O Picasa para Windows deixará de existir a partir do 15 de março de 2016, já o Picasa Web Albuns encerrar suas atividades no dia 01 de maio de 2016.

Apesar de possuir alguns usuários, era só questão de tempo para que essa decisão fosse tomada, visto que já são 5 anos sem grandes novidades no Picasa. Nem mesmo um App para smartphones o serviço chegou a receber.

Ganhe 2 GB de armazenamento no Google

Esse post seria ideal se tivesse ido ao ar na terça-feira (09/02), efetivamente o Dia da Internet Segura, mas como esse ano a data caiu junto ao carnaval, acabou ficando para hoje. Devido o Brasil praticamente parar no carnaval, a data passou despercebido por muita gente e até alguns blogs de tecnologia. 


A data no Brasil e no mundo conta com apoio de grandes empresas como nic.br, Vivo, Google entre outras. Mas uma delas está presenteando o usuário seguro, estou falando do Google, que caso você esteja seguindo todos os padrões de segurança do Google irá ganhar 2GB extra de armazenamento para todo sempre se você fizer essa validação até 17/02.

Para fazer a verificação de segurança acesse: security.google.com/settings/security/secureaccount

Se tiver dado tudo certo, acesse www.google.com/settings/storage?hl=pt-BR e você verá o espaço extra. É acumulativo, se você tiver outros benefícios, esse será agregado.

A verificação não leva mais que meio minuto e vale muito, eu mesmo já fiz e garanti meus 2GB de espaço.


Dica do CocaTech.

Como calibrar a bateria do MacBook

Essa semana o CocaTech (Gustavo Faria) enviou a todos que são cadastrados no Mestre do Mac uma dica muito legal de como calibrar a bateria do MacBook, ele explicou de maneira bem simples e de fácil entendimento, apesar de já saber dessa dica, achei bacana como ele colocou e por isso resolvi compartilhar aqui com vocês. Ele está sempre enviando boas dicas e quem é do universo Apple acho mais do que válido se cadastrar no site Mestre do Mac.


Muitos dizem que isso não é necessário,  a Apple recomenda que você faça esse processo a cada 2-3 meses. Em minha rotina faço a cada 2 meses e sempre que acabo de instalar uma nova versão do OS X.

As baterias possuem um microprocessador interno que estima a duração da carga. De tempos em tempos, é preciso calibrar a bateria.

O processo para calibrar a bateria é longo porém fácil:
  1. Deixe o MacBook na energia com 100% de carga por pelo menos 2 horas
  2. Desconecte a energia e deixe a bateria acabar
  3. Espere por pelo menos 5 horas
  4. Faça uma carga completa, até 100%, sem usar o notebook
Dica: Você pode deixar o app Caffeine (gratuito) para evitar que o Mac durma, e assim consuma a bateria.

Esse procedimento deve ser feito no primeiro uso do Mac, e depois lembre-se de repetir a cada 2-3 meses. Se você deixa o MacBook sempre ligado na tomada, calibre a sua bateria uma vez ao mês.

Já o iPhone/iPad é mais simples de calibrar a bateria. Talvez nem mereça receber o nome de "calibragem". É mais um processo de manutenção.

O que a Apple recomenda é que uma vez ao mês, tanto para o iPhone como para o iPad, você deixe a bateria ir a 0%, até desligar o iTreco, e então fazer uma carga completa.

Apesar dessa dica ser com foco no MacBook acredito que a mesma pode ser estendida para qualquer outro notebook.

13 curiosidades sobre o Netflix

A Netflix é um sucesso em todo Brasil, ainda não podemos dizer no mundo, pois alguns países como Itália e Espanha ainda não possuem o serviço, mas esse é outra assunto, o que vamos abordar nesse posts são 13 fatos sobre o serviço de streaming de video mais popular do país que talvez você ainda não conheça.


  1. A biblioteca de vídeos do Netflix equivale a mais de 1 PB (Peta Byte) de dados. É muita coisa.
  2. Uma pesquisa mostrou que cerca de 60% dos espectadores do Netflix têm o costume de assistir dois ou mais episódios de uma série de uma vez só.
  3. O campeão de audiência no Netflix é o seriado Breaking Bad.
  4. Depois de comprar os direitos para produzir House of Cards, o Netflix procurou o diretor David Fincher e o ator Kevin Spacey para a série. A base para a escolha foi com dados do próprio Netflix. 
  5. O Netflix é o maior responsável por transferência de dados em alguns países. Os piores horários são entre as 19h e as 21h, é quando tem mais gente assistindo. Durante esses horários ele tem um pouco mais de instabilidade, afetando um pouco a qualidade do vídeo recebido pelos usuários do serviço.
  6. Em fevereiro de 2015 o Netflix já havia produzido mais de 70 conteúdos originais. Entre eles estão as famosas séries (House of Cards ou Orange is the New Black).
  7. O tempo médio de streaming para o usuário do Netflix é de 90 minutos por dia.
  8. O Netflix foi o primeiro serviço online a ganhar um Globo de Ouro, em 2014 a atriz Robin Wright venceu a categoria de melhor atriz em drama para televisão.
  9. O Netflix já está disponível em mais de 50 países. Esteou no Brasil no segundo semestre de 2011. Ainda neste ano, pretende entrar em alguns países importantes como Espanha, Itália e Portugal.
  10. Uma das formas do Netflix analisar se um série tem potencial dentro de sua plataforma é ver a taxa de downloads ilegais em redes como o Torrent.
  11. Uma análise do serviço no início de 2014 mostrou que eram 76.897 categorias diferentes.
  12. O Netflix tem uma vaga para os apaixonados por filmes e séries: o tagger. O trabalho consiste em assistir a conteúdo da plataforma de streaming e escolher entre mil palavras chaves os termos que se encaixam com a obra.
  13. Segundo especialistas de Wall Street em 2016 o Netflix poderá ser o “canal” mais visto dos Estados Unidos. 

E ai o que achou? É o Netflix cresceu e continua crescendo muito, eu sou suspeito para falar algo, afinal uso muito o serviço. Deixe sua opinião nos comentários.